Politics

Taiwan diz que empresas de chips estão em conformidade com os controles de exportação da Rússia


O Ministério da Economia disse estar seguindo o Acordo de Wassenaar sobre controles de exportação de armas e bens e tecnologias de dupla utilização


Siga o Brasil 247 no Google News

247, com Reuters As empresas de semicondutores de Taiwan estão cumprindo os controles de exportação do governo para a Rússia, implementados como parte das sanções a Moscou pela ação militar na Ucrânia, disse o Ministério da Economia neste domingo.

Taiwan, que anunciou que estava se juntando às sanções internacionais contra a Rússia na sexta-feira, é um grande fabricante de chips, lar do maior fabricante de chips contratados do mundo e da empresa listada mais valiosa da Ásia, a TSMC.

O Ministério da Economia disse estar seguindo o Acordo de Wassenaar sobre controles de exportação de armas e bens e tecnologias de dupla utilização, assinado em 1996 por 42 países, para fiscalizar rigorosamente os produtos enviados à Rússia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Os fabricantes nacionais de semicondutores também expressaram que cumprirão as leis e cooperarão estreitamente com as medidas do governo”, acrescentou, sem dar mais detalhes.

A TSMC disse na semana passada que cumpriria todas as regras de controle de exportação. Ele se recusou a fazer mais comentários no domingo.

Taiwan, reivindicada pela China como seu próprio território e, portanto, excluída da maioria dos órgãos e acordos internacionais, não é signatária do Acordo de Wassenaar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas o governo gosta de mostrar que é um membro responsável da comunidade internacional ao seguir medidas como as sanções das Nações Unidas à Coreia do Norte por seus mísseis e testes nucleares.

As exportações de Taiwan para a Rússia são mínimas.

Taiwan espera pouco impacto da guerra na Ucrânia no fornecimento de matérias-primas essenciais para semicondutores, disse o governo no sábado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close