Politics

Flow perde patrocinadores e contratos após fala de Monark sobre nazismo


Após comentários de Monark sobre nazismo, o Flow perdeu contrato para transmissão do Campeonato Carioca e perdeu patrocínio da Flash Benefícios


Siga o Brasil 247 no Google News

247 – O Flow Podcast perdeu patrocinadores e contratos após declarações polêmicas do apresentador Monark sobre nazismo. Em entrevista com os deputados Kim Kataguiri (Podemos) e Tabata Amaral (PSB), o apresentador do programa defendeu que a legislação brasileira permitisse a organização de nazistas em partido político. Kataguiri concordou e Tabata repudiou.

Colocando como justificativa a liberdade de expressão, Monark também defendeu que nazistas tenham direito de expressar opiniões que promovem ódio, por exemplo, contra judeus. O que pode ser considerado crime por apologia ao nazismo.

Após as declarações polêmicas, o trecho viralizou na internet, causando revolta de internautas. O assunto virou um dos temas mais comentados no Twitter. O jornalista Benjamin Back publicou seu repúdio nas redes sociais e pediu para que o episódio em que ele participa seja retirado do ar. Ex-futebolista e craque da Seleção Brasileira e do Flamengo, Arthur Antunes Coimbra, o Zico, cancelou sua participação no programa, assim como o comentarista esportivo Antony Curti.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Flow perde contratos e patrocinadores

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) rompeu contrato com o Flow, que transmitiria 16 partidas do Campeonato Carioca no canal de streaming Flow Sport Club. Os direitos foram cedidos ao canal pela Sportsview, que adquiriu os direitos para a internet junto à entidade.

“A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, defensora da igualdade, do respeito e contrária a qualquer tipo de preconceito, anuncia o rompimento do contrato com o Estúdios Flow, responsável pelo podcast Flow Sport Club que transmitia jogos do Campeonato Carioca de 2022, por apologia ao nazismo, regime cujos crimes contra a humanidade até os dias de hoje causam horror a qualquer um que preze pela vida”, diz nota da entidade.

Em comunicado nas redes sociais, a patrocinadora Flash Benefícios, cujos donos, Pedro e Guilherme Lane, têm família de origem judaica, anunciou que iria solicitar o encerramento formal da relação contratual com o Flow.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Diversos internautas, pediram a outros patrocinadores que se desvinculem do podcast — que conta como parceiros empresas como Ragazzo, Amazon, Bis e outras. A Puma também foi citada por usuários de ser patrocinadora do canal, mas afirmou em nota que “já havíamos pedido para nosso logo ser retirado como patrocinadores do programa e reforçamos isso mais uma vez”.

Nas redes sociais, o aplicativo de entrega de comida iFood lembrou que a marca “não mantém mais relação comercial com o Flow. Nossa decisão de encerrar o patrocínio com o podcast foi tomada, de forma definitiva, em novembro de 2021”. A marca encerrou sua parceria no ano passado após Monark defender o direito de racistas de expressar sua opinião, o que é crime de injúria racial no Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247




Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close