Politics

Estados Unidos superam 900 mil mortes por covid-19


Os dados também sugerem que a Omicron pode ter atingido os Estados Unidos com mais força do que outros países


Siga o Brasil 247 no Google News

Reuters – A pandemia de coronavírus atingiu um novo marco sombrio nos Estados Unidos nesta sexta-feira, com o número acumulado de mortes por Covid-19 no país superando 900.000, mesmo quando o número diário de vidas perdidas começou a se estabilizar, segundo dados coletados pela Reuters.

A contagem mais recente marca um aumento de mais de 100.000 mortes por COVID-19 nos EUA desde 12 de dezembro, coincidindo com um aumento de infecções e hospitalizações causadas pela variante Omicron altamente contagiosa do vírus.

Evidências preliminares mostraram que o Omicron, embora muito mais infeccioso, geralmente causa doenças menos graves do que as iterações anteriores do vírus, como o Delta. Mas o grande volume de casos da Omicron alimentou um aumento nas hospitalizações que levou muitos sistemas de saúde dos EUA ao limite nas últimas semanas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Especialistas disseram que a maior parte dos pacientes da Omicron que requerem hospitalização eram indivíduos não vacinados e pessoas com outras condições crônicas de saúde subjacentes.

Os dados também sugerem que a Omicron pode ter atingido os Estados Unidos com mais força do que outros países com populações gerais mais jovens, como na África.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close