Politics

Djokovic perde e não é mais o número um do mundo


Daniil Medvedev encerrou o reinado de Djokovic como número um do mundo do tênis sem sequer jogar uma partida, ficando no topo do ranking pela primeira vez


Siga o Brasil 247 no Google News

247  com RT – Novak Djokovic foi destronado por Daniil Medvedev como o tenista número um do mundo depois de sofrer uma derrota chocante para Jiri Vesely no Dubai Open, onde o superastro sérvio estava jogando pela primeira vez desde que foi deportado de Melbourne após sua tentativa fracassada de jogar no Aberto da Austrália.

O progresso de Medvedev para as quartas de final do Aberto do México, onde deve vencer o número 103 do mundo Yoshihito Nishioka em seguida, significa que ele se tornou oficialmente o melhor tenista do mundo sem sequer jogar como resultado de uma mudança nos pontos do ranking causada pela perda de Djokovic. 

A vitória de Vesely por 6-4 e 7-6 sobre Djokovic, número 123 do mundo, marcou o fim abrupto de uma promissora campanha inicial do 20 vezes campeão de Grand Slam em seu primeiro torneio do ano.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ícone não perdeu um set em suas duas primeiras partidas, derrotando a medalhista de prata dos Jogos Olímpicos de 2020 Karen Khachanov nas oitavas de final.

O retorno do ex-campeão de Dubai ao torneio, era muito esperado após sua agonia na Austrália, onde foi interrogado por oficiais da força de fronteira, detido em um hotel e expulso antes do primeiro Grand Slam do ano começar após a segunda de duas audiências judiciais. como o governo do país finalmente conseguiu cancelar seu visto.

Djokovic, não vacinado, voou para a Austrália com o entendimento de que teria permissão para entrar no país e competir porque se recuperou da Covid em dezembro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O tenista de 34 anos disse que não é contra as vacinas contra o Covid, mas permanecerá não vacinado por enquanto.

Os jogadores não precisavam tomar vacinas para entrar em Dubai e jogar no evento ATP 500, embora tenha havido relatos generalizados de que Djokovic pode enfrentar maiores dificuldades para entrar em eventos com restrições mais rígidas no final do ano, e a estrela admitiu que seria disposto a considerar os torneios anteriores para permanecer não vacinado.

Vesely, que derrotou Djokovic na única ocasião anterior em que se enfrentaram, serviu para a partida em 5-3 no segundo set, apenas para que seu oponente recuasse em uma resposta que alguns espectadores acreditavam sinalizar uma reviravolta conclusiva.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O homem que nunca passou da quarta rodada de um Grand Slam venceu o crucial tie-break por 7 a 4 em uma vitória que tirou Djokovic do topo do ranking pela primeira vez desde janeiro de 2020.

Medvedev ainda não perdeu um set em Acapulco e pode enfrentar um confronto com Rafael Nadal, para quem perdeu a final do Aberto da Austrália em um thriller de cinco sets.

Nadal fez seu melhor início de temporada, vencendo sua 12ª partida consecutiva com uma vitória por 6-0 e 6-3 sobre Stefan Kozlov, que durou apenas 47 minutos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele pode enfrentar Medvedev nas semifinais do torneio, que segue até sábado.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close