Politics

Cerca de 100 mil pessoas são deslocadas na Ucrânia após ação militar russa


Ucranianos estão procurando novos abrigos após a ação militar russa no território, em um conflito que também envolve EUA e outras potência europeias


Siga o Brasil 247 no Google News

247 – Cerca de 100 mil pessoas foram deslocadas na Ucrânia, após a ação militar russa, que teve início na madrugada desta quinta-feira (24). A informação foi publicada pela AFP em sua conta no Twitter. Mais de 1,4 mil pessoas foram presas pela participação em protestos na Rússia, de acordo com a organização OVD-Info. Pelo menos 51 cidades, incluindo a capital Moscou, registraram manifestações contra a ação militar russa. 

A Rússia pretende barrar a entrada da Ucrânia na Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), liderada pelos Estados Unidos.

>>> Rússia diz ter desativado 74 instalações militares da Ucrânia nas primeiras horas de combate

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente americano, Joe Biden, anunciou sanções contra o governo russo e disse que defenderá os aliados da Otan no leste Europeu.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que o país foi deixado “sem opções”, ao se referir às operações especiais militares na Ucrânia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

>>> Deputados ucranianos pedem que Zelensky inicie conversas com Putin

Nesta semana, Putin assinou um decreto em que reconheceu a independência de duas repúblicas separatistas da Ucrânia – Donetsk e Lugansk, o que fez a União Europeia (UE) a adotar sanções contra o país. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em comunicado nesta quinta-feira, o Ministério das Relações Exteriores russo disse que o governo Putin dará respostas duras contra as sanções da UE.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close