Politics

Bombardeio de militares ucranianos mata cinco civis, diz Donetsk


“Os ataques das Forças Armadas ucranianas atingiram 38 instalações civis de infraestrutura e 11 veículos”, diz comunicado da República Popular de Donetsk


Siga o Brasil 247 no Google News

TASS – O bombardeio dos militares ucranianos matou cinco civis e deixou outros 13 feridos na República Popular de Donetsk (DPR) nas últimas 24 horas, disse a missão do DPR ao centro conjunto de controle e coordenação em comunicado no sábado. 

“Cinco civis foram mortos e 13 ficaram feridos no último dia. 51 prédios residenciais foram danificados perto de Donetsk e Gorlovka. Os ataques das Forças Armadas ucranianas atingiram 38 instalações civis de infraestrutura e 11 veículos”, diz o comunicado.

De acordo com a missão, os ataques envolveram vários lançadores de foguetes, canhões de artilharia de 122 mm e 152 mm, morteiros de 82 mm e 120 mm, veículos de combate de infantaria BMP-2, lançadores de granadas, metralhadoras pesadas e armas pequenas. Além disso, os militares ucranianos usaram o sistema de mísseis Tochka-U acima do distrito de Kirovsky, em Donetsk. Os militares ucranianos dispararam um total de 686 munições.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com a missão DPR, Zaitsevo, Verkhnetoretskoye, Gorlovka, Ozernovka, Shirokaya Galka, Zheleznaya Balka, Veseloye, Lozovoye, Yakovlevka, Vasilyevka, Panteleisonovka, Donetsk, o assentamento da Mina Trudovskaya, Staromikhailovka, Alexandrovka, Kremenets, Signalonoye, Dokuchayevsk, Spartak, Yelenovka , Naberezhnoye, Kulikovo e Sakhanka foram criticados.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

close